voe

 

voo.jpg

 

V

ocê anda, você pula, você dribla um time inteiro e faz um gol de cobertura, você pinta um quadro do qual as cores pulam e ainda usa um conceito discretamente lindo para o justificar, você justifica um texto com um clique, você faz justiça depois de fazer faculdade e até salva o mundo, escreve um livro de 200 páginas nas quais as palavras ali postas parecem ter sido destinadas a estarem onde estão, você dança, beija, faz alguém do sexo oposto fazer careta por maravilhosos motivos, você toma um remédio que lhe retira a dor na cabeça, você com a cabeça pensa em quaisquer lugares, você comanda uma máquina muito mais pesada que você e com uma muito menor tem o mapa do mundo inteiro, você pode fazer tantas coisas e essas coisas têm tantas maneiras de serem feitas ou desfeitas. Você vai do Chuí a Caburaí, você viaja de avião, de asa delta, helicóptero, F-5, F-14 Tomcat.

Aí você está andando na rua, chega perto de um joão-de-barro e ele voa para o telhado da casa mais próxima.

Daí você assovia, ele voa donde estava aonde você nem mais vê.

Mesmo que os homens usem e usaram os braços e as mãos para concretizar anseios (casas etc) e considerando que o prazer da satisfação da necessidade sexual espécie alguma abre mão, jamais, mesmo construindo monumentos, escrevendo, pintando, alcançaremos a esperteza e competências das aves no que diz respeito à utilização dos braços. Os patos, que são os patos, que caminham daquele jeito, com um rebolar que nem através da promiscuidade consegue ser sensual, como alguns fetichamente conseguem, enfim, os patos usam seus braços para voar e para eles as coisas todas que o homem faz com os seus não se compara a isso, são desprezíveis: eleva o corpo só metaforicamente, chega mas para fundo do céu só metaforicamente.

Os que voam nos usam de esgoto e o céu aberto de privacidade.

Tente voar, pois voar é impossível; mas tente, usando quaisquer de seus membros.

tente

 

.^^. joao~GRANDO

Anúncios

8 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. try.

  2. Incrível o texto, mas para voar uso as asas mesmo… estão meio avariadas, mas consigo uns belos voos… afinal, dentro de mim ainda mora um anjo.

    beijos

  3. E o ser humano ainda se acha realmente a espécie mais evoluída e mais inteligente da face da Terra….

  4. e o medo de altura, que nos faz ficar com os pés bem fincadinhos no chão e nos impede de alçar vôo.

  5. 3 observações. 3 pequenos vôos.

  6. Agradecida pela visita e pelo comentário.. Então, foi driblando vários outros times e voando em campo, que nossos times voltaram à primeira divisão, de onde nunca deveriam ter saído e que, certeza, não saem mais. Torci muito pelo Grêmio quando ele foi, assim como meu Galo, abrilhantar a segundona. (mas o corintians, quero que morra por lá..rsss)

    Um beijo

  7. muuuuuito bonito seu blog, adorei os desenhos, a poesia em movimento e cores ;o)

    obrigada por sua visita, volte sempre que quiser

    beijos

    MM.

    >>> só´demorei muuuuuuuuito tempo para descobrir como é que se comentava por aqui =/

  8. […] voe […]


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: